FANDOM


Para orientação sobre as citações dos livros de GRRM, ver Convenções desta wiki

A menos que explicitamente declarado, o material aqui apresentado é uma tradução da seguinte fonte:
Origem: Wikipedia
URL: http://en.wikipedia.org/wiki/House_Lannister#House_Lannister
Acesso em: 07/09/12


Jaime Lannister, também apelidado Leão de Lannister e o " O Regicida", é o gêmeo mais novo de Cersei primeiro filho de Tywin Lannister e o primeiro na linha de sucessão a Tywin na liderança da Casa Lannister.

Aparência

Por erreve.

"Sor Jaime Lannister era gêmeo da Rainha Cersei; alto e dourado, com flamejantes olhos verdes e um sorriso que cortava como uma faca. . . . Chamavam-lhe Leão de Lannister na sua presença e 'Regicida' às suas costas." [1]

Sendo gêmeo da Cersei, herdou os atributos de beleza física da irmã: pele branca, cabelos louros dourados, porte altivo e olhos claros. Não foi encontrada ainda, menção de sua idade nos livros, mas sua história e um incidente ocorrido com Cersei e revelado em A Dança dos Dragões parece indicar que ambos já estejam dentro da faixa dos trinta a quarenta anos. As representações na mídia do herdeiro do Rochedo Casterly o retratam como um jovem adulto, de compleição atlética, com características bem masculinas.

Biografia

Semelhante a Cersey, ele é arrogante, amoral e impulsivo. Durante anos foi inseparável de Cersei e o par mantinha relações incestuosas desde muito jovens e foi o pai dos três filhos que Cersei concebeu já dentro do casamento com o Rei Robert Baratheon. Ao contrário de Cersei e de Tywin, ele trata respeitosamente, com consideração e até, um certo carinho, seu irmão anão, Tyrion.

Sendo um excelente guerreiro, ainda jovem foi feito cavaleiro e desde cedo demonstrou não se interessar por nada além das artes marciais. Para ficar junto de Cersei, renunciou à sua reivindicação sobre o Rochedo Casterly quando aceitou o convite do Rei Aerys II Targaryen para se tornar o mais jovem cavaleiro da Guarda Real. Como o convite de Aerys II visava atingir Tywin, que servia como Mão do Rei já por cerca de vinte anos, seu pai, furioso por ter perdido seu predileto retirou-se de Porto Real levando Cersei consigo.

Sua fama de homem iníquo e sem honra espalhou-se por Westeros devido ao fato de ter assassinado o Rei Aerys II cuja vida, segundo o seu juramento como membro da Guarda Real , tinha a obrigação de proteger. Esta foi a origem do apelido, Regicida, que recebeu [2]. As razões que o levaram a tal ato ficam mais claras no O Festim dos Corvos e em A Dança dos Dragões quando ele esclarece os motivos de ter assassinado o Rei louco.

Os últimos momentos

Até à publicação de A Dança dos Dragões não há registro e que a participação de Jaime nas Crônicas de Gelo e Fogo tenham terminado.


Referências


  1. A Guerra dos Tronos - Capítulo 5
  2. A Tormenta de Espadas, Capítulo 11