FANDOM


Para orientação sobre as citações dos livros de GRRM, ver Convenções desta wiki

Davos Seaworth, também chamado de Davos Mão Curta[1],contrabandista leal a Stannis que, na Rebelião de Robert o salvara e a seus homens da morte certa pela fome ou pela espada, durante o cerco de Ponta Tempestade por Mace Tyrrell.

História

=Torna-se Cavaleiro[2]

Foi durante a Rebelião de Robert. Por quase um ano, as forças de Stannis, leais a Robert resistiam em Ponta Tempestade ao cerco ao castelo feito pelos senhores Tyrell e Redwine leais a Aerys II, o Rei Louco. Um ano sem poder evadir-se do castelo, pois o mar estava bloqueado pela frota dos Redwine.

Quando, dentro do castelo, tudo que poderia servir de alimento fora consumido e os homens já estavam se alimentando de raízes e ervas, arriscando sua segurança e seu pescoço numa noite sem lua e cheia de nuvens negras, o contrabandista Davos,com seu navio negro abarrotado de cebolas e peixe seco, conseguiu fazê-lo chegar até os rebeldes que defendiam Ponta Tempestade. Embora os mantimentos trazidos por Davos não fosse muitos, permitiram que a resistência se prolongasse até que Ned pudesse chegar com suas tropas e derrotar os sitiantes.

Como recompensa, Stannis concedeu a Davos terras de boa qualidade em cabo da fúria, um pequeno o título de cavaleiro, mas, conforme seu proverbial senso de justiça, não deixou de puni-lo por ter sido um fora-da-lei e mandou cortar as 4 falanges de sua mão esquerda. Em resposta Davos disse que só aceitaria se fosse o próprio Stannis a manejar o machado. Stannis, para fazer um corte limpo e reto, usou um cutelo de açougueiro

Por causa de seu feito e de sua senhoria, também é conhecido como o Senhor das Cebolas. título que parece não incomodá-lo.

Desempenho na Batalha do Águanegra

Naufrágio

O Retorno ao Rei Stannis

Devido à sua lealdade e por seu desempenho na Batalha do Água Negra onde perdera quatro de seus sete filhos[3] e quase morrera numa ilha deserta onde conseguira se refugiar se salvando de um naufrágio quando retornava de Porto Real, foi elevado a Mão do Rei Stannis.

Em misssão para Stannis

Da Muralha até às Três Irmãs[4]

Após o estabelecimento de Stannis na Muralha[5], Davos partiu em missão, em busca de apoio para o Rei.

A viagem para o sul foi totalmente desastrosa, o inverso da viagem de Pedra do Dragão para a MuralhaSaiu com 29 navios. Ficaria espantado se metade deles ainda flutuasse. Nuvens e ventos tempestuosos acompanhou a frota durante toda a viagem ao longo da costa; Oledo e o Filho da Velha Mãe se partiram contra as rochas de Skagos, a ilha dos unicórnios e canibais onde mesmo o Bastardo Cego temia aportar. A grande coca[6] Saathos Saan naufragou próximo aos Penhascos Cinza

Uma outra tempestade rompeu os cordames do Colheita Abundante, forçando Salla a rebocá-lo. 60 km [7] ao norte de Atalaia da Viúva, o mar se encapelou novamente jogando oColheita contra uma das galés que o rebocava, afundando os dois. O resto da frota de Lysenne se espalhou pelo mar estreito. Alguns navios ainda conseguiram chegar a algum o porto, outros nunca mais foram vistos.

Chegando à ilha Sweetsister, uma das Três Irmãs foi levado como prisioneiro a Lorde Godric Borell, o senhor da Ilha, que o liberou para continuar sua missão em Porto Branco. [8][9]

Das Três Irmãs para Porto Branco

Davos chegou a Porto Branco a bordo do Alegre Parteira e entrou na cidade completamente incógnito. Sua aparência em nada condizia com sua posição de Mão do Rei Stannis. Seu rosto estava bronzeado pelo vento e pelo sol. Sua barba e seu cabelo também estavam marcados pelo ar do mar e suas vestimentas eram simples e desgastadas. [10]

Aparência

Davos é descrito como um homem comum, sem nenhum destaque especial na aparência e que viveu muito tempo do contrabando, talvez mais por necessidade de sobrevivência do que por má índole,mas possuidor de uma lealdade sem limites, fato esse reconhecido e valorizado por Stannis, seu Rei. Durante muito tempo carregou num pequeno saco pendurado ao pescoço , os restos das quatro falanges que lhe foram cortadas quando foi feito cavaleiro.

Suas armas

Seu brasão é um navio negro sobre um fundo cinza e com uma cebola desenhada na vela

Referências


  1. II-13
  2. II-13, 14
  3. V-en:127
  4. V-en: 125
  5. A Tormenta de Espadas
  6. http://pt.wikipedia.org/wiki/Coca_%28n%C3%A1utica%29
  7. Igual aproximadamente a 10 léguas
  8. V-en: 123
  9. * Capítulo 9
  10. V9-Pt: Pg. 224