FANDOM


Para orientação sobre as citações dos livros de GRRM, ver Convenções desta wiki

As arenas de luta (fight pit, em inglês), também chamadas de a arte mortal de Ghis, eram locais onde escravos gladiadores lutavam até à morte. Seu uso fora proibido por Daenerys na conquista das terras Ghiscari.[1]

História[1]

As arenas de luta têm sido parte de Meereen desde sua fundação.

Papel da religião

Os combates não são meramente um esporte sangrento ou uma diversão popular para satisfazer o desejo de sangue do povo, embora essa também seja uma razão para existirem. Na verdade são parte da religião da Meereen e um sacrifício a seus deuses.

As lutas que ocorrem nas arenas não são tidas pela população local como mera carnificina sem sentido, mas uma demonstração conjunta de coragem, habilidade e resistência que, acredita m os meereenenses, agradam a seus deuses.

A Balança da justiça

Acredita-se que os criminosos têm sua chance de provar sua inocência através do "julgamento pelas armas" quando são levados a defender a sua causa nas arenas de luta.

Aspectos sociais e econômicos

Os lutadores vitoriosos são paparicados e aclamados e os vencidos são honrados e lembrados. Como na maioria dos casos são escravos, ao serem reconhecidos como grandes lutadores tẽm a esso a uma condição de vida e conforto que de outra forma não conseguiriam.[2]

AS lutas também estimula o comércio local atraindo viajantes de todo o mundo. Além disso, 10% da renda das lutas é repassado ao governo, o que representa um reforço considerável ao seu caixa.[3]

Acredita-se que as lutas também permitem aos homens extravasarem seus instintos sanguinários, funcionando como uma espécie de válvula de escape que aumenta a segurança dos cidadãos e reduz a criminalidade local.

A Repercussão do fechamento das arenas de luta

Sendo uma espécie de monumento nacional, o fechamento das arenas de luta por Daeneris trouxe sobre ela a antipatia do povo. Aliado à pressão exercida por Hizdahr zo Loraq, que certa vez trouxe consigo sete ex-lutadores para insistir, pela sétima vez, pela reabertura, até mesmo seus auxiliares mais próximos incentivavam-na a anular o decreto o que sinalizaria uma demonstração de respeito às tradições do povo conquistado além de agregar uma pequena fortuna, proveniente das lutas, ao tesouro real.[4]


Referências


  1. 1,0 1,1 V-en: 40
  2. V-en:
  3. V-en: 154
  4. V-en: 154, 155

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.